cuore busy nest

cuore busy nest : . "A ciência nada tem a ver com o inefável: ela tem de falar a vida se quiser transformá-la"Roland Barthes, 1958 (ed. 1997 : 183) : . "Os Céus Dispensam Luz e Influência sobre este mundo baixo, que reflecte os Raios Benditos, ainda que não Os possa recompensar. Assim, pode o homem regressar a Deus, mas não pode retribuir-Lhe" Coleridge (maiúsculas acrescentadas :)

main images source :) we heart it ©

sexta-feira, fevereiro 18, 2011

:) the cuore character :)

...Sanctum, mais um filme que não vi a despropósito, pois, se tiver em conta a Profecia Celestina (obra que tinha em casa há décadas, mas que nunca tinha lido... :), a sua visualização constituiu uma coincidência, uma vez que eu, uma claustrofóbica assumida, chegada a casa, fiquei fechada no elevador, depois de assistir a uma película que, acima de tudo, me despoletou essa sensação angustiante...
...a questão do "Primeiro Olhar Profundo" celestiniano anda-me a inquietar (no bom sentido :), pois sou daquelas pessoas que dão um desconto a si próprias- só considero algo como evidência a partir da terceira coincidência (exclusive :)...
...quase única lição que retirei deste filme, para além a de que a Natureza tem razões que a insensatez humana desconhece :) é nas situações limite que se vê o carácter de alguém e que um, aparentemente, bruto se pode revelar uma pérola e um, aparentemente,gentleman, um brutamontes animalesco (não raro, os maiores facínoras são aqueles que são capazes de torturar alguém ao som de uma melodia sublime- no fundo, a sua insatisfação bestial (de besta mesmo :) refina-se com a acumulação de conhecimentos, com que gostam de se pavonear num jogo sádico...sofisticação que se limita a tornar ainda mais asqueroso o mal que praticam...) as aparências esvaem-se quando a sobrevivência está em causa e o Autêntico Cuore emerge...
...uma das melhores pessoas que conheci era um senhor que parecia intratável e com quem gente jovem atrevida e mal-educada gozava...houve um dia que não aguentei e interpus-me- fiquei a saber que à minha frente estava uma Pérola, que apenas tinha sofrido horrores na vida...é sempre um bálsamo contactar com Gente, face ao monopólio que a "prostituta universal", vulgo dinheiro (poder e influência inclusos :), detém entre a (des)humanidade e sobre um país podre reticular, onde a palavra ética anda, há muito, fora de moda...eu teria vergonha se alguma vez vendesse a consciência...mas que digo eu? quem não a tem bem que a arrenda , vende ou até aluga (as ainda mais móveis :) por uns patacos ( a tabela de preços em Certa Dimensão é um pormenor- tanto é quem se vende por 100 como por 100000000 (é a adaptação hard coriana da lógica stalinista :) ...continuem que tem dado um resultadão...
...a quem não se arrenda nem vende :) RESILIÊNCIA contra a barbárie....o mal vence a curto prazo, o Bem a longo...
...depois de anos a sentir-me maculada pelo contacto constante com uma forma venal alheia de estar na vida, ando um pouco sartriana, de forma mais literal- sinto uma profunda náusea, que nem com muito chá vermelho passa (logo eu que julgo que o chá é um dos melhores purificadores do corpo e da alma :)...se há coisa que desprezo é a falta de carácter total...e prefiro um mau assumido a um mau dissimulado, ao menos sabe-se quem se tem à frente...a natureza humana não se cansa de me espantar (deve ser porque continuo a desvalorizar o meu sexto sentido em prol do benefício da dúvida e da totozice que, não raro, descambam na confirmação do que percruto num primeiro olhar directo :)...

2 comentários:

biblioteca musical disse...

aloha

Isabel Metello disse...

aloha, Biblioteca Musical, seja bem-vindo :)